sábado, 29 de abril de 2017

O jogo Baleia Azul e os 50 desafios

 O jogo da Baleia Azul (Blue Whale Game, em inglês) refere-se a um suposto fenômeno surgido em uma rede social russa em 2015, ligado ao aumento de suicídios de adolescentes. Acredita-se que o jogo esteja relacionado com mais de cem casos de suicídio pelo mundo, havendo fotos de feridas auto-infligidas compartilhadas em redes sociais, juntamente com as hashtags do jogo. Em 2017, o jogo tornou-se mais famoso.

Por que o nome do jogo é Baleia Azul?
O termo "Baleia Azul" refere-se ao fenômeno de baleias encalhadas, supostamente suicidas. A baleia-azul (Balaenoptera musculus) pode chegar a 177 toneladas e 30 m de comprimento, considerada o maior animal do mundo. Todavia, não são suicidas, e seu encalhe acontece por motivos ainda não bem esclarecidos, sendo sugerido a falha de ecolocalização como uma das hipóteses.

Como funciona o jogo
O jogo baseia-se na relação entre os desafiantes e curadores. O curador entrega uma série de tarefas, e os jogadores deveram completá-las uma por dia, algumas das quais envolve auto-mutilação. Algumas tarefas poderão ser dadas com antecedência, outras poderão ser repassadas pelos curadores no dia, sendo a última tarefa o suicídio. Acredita-se que o criador desta modalidade de jogo seja o russo Filipp Budeykin, que aliciava jovens e adolescentes para tais grupos de suicídio desde 2013.
Filipp Budeykin


Os 50 desafios do jogo Baleia Azul
desafios




Suicídios supostamente ligados ao jogo
Yulia Konstantinova e Veronika Volkova
Só na Rússia, acredita-se que o jogo esteja ligado a mais de 100 casos de suicídio. Em fevereiro, na Rússia, duas adolescentes, Yulia Konstantinova, de 15 anos, e Veronika Volkova, de 16, se jogaram do alto de um prédio de 14 andares em Irkutsk, na região da Sibéria após percorrer as 50 tarefas enviadas para elas. Antes de se matarem juntas, Yulia e Veronika deixaram mensagens em suas páginas nas redes sociais. Yulia publicou a foto de uma grande baleia azul e em seguida escreveu “’Fim”. Já Veronika costumava postar coisas como “Você sente que gradualmente se torna inútil?” e “Eu sou só um fantasma”. No dia de sua morte escreveu “O sentido está perdido... Fim”. Também em fevereiro, uma menina conhecida como Ekaterina, 15, ficou em estado grave depois de se atirar de um apartamento e cair em terreno coberto de neve, na cidade de Krasnoyarsk, também região da Sibéria.
"F57"
A Direção de Investigação Criminal (Dijin) da Polícia Nacional da Colômbia investiga as mortes de três adolescentes no país que possam estar relacionados com o jogo. No Chile, na cidade de Antofagasta, uma mãe relatou à polícia que sua filha de apenas 12 anos teve 15 cortes em seu braço que formaram o desenho de uma baleia. Depois de ser entrevistada por policiais, ela confessou que seguiu as instruções de um curador ao jogar este jogo.
Em Portugal, uma garota de 18 anos atirou-se de um viaduto em uma linha férrea em Albufeira. Tinha a palavra "sim" cravada na coxa e outros cortes que formavam a palavra "F57". Também um rapaz de 15 anos, de Sines, foi internado no Hospital de Setúbal depois de ter "desenhado" uma baleia num braço com um objeto cortante.

Jogo da Baleia Azul no Brasil
No Brasil, o jogo terá deixado vítimas no interior do Mato Grosso, e em cidades como Pará de Minas e Belo Horizonte, em Minas Gerais, assim como em Feira de Santana, na Bahia. Em Juazeiro, também na Bahia, uma garota desapareceu supostamente por causa do jogo. No Rio de Janeiro, uma mãe conseguiu impedir o suicídio de sua filha, que estaria envolvida no jogo. Neste estado a polícia recebeu 101 denúncias que dão conta de possíveis envolvimentos de adolescentes com o jogo Baleia Azul. No estado do Paraná, o jogo terá feito mais uma vítima em Florestópolis, cerca de 73 quilômetros de Londrina. Em Maceió, o deputado Pastor João Luiz (do Partido Social Cristão) relatou na Assembleia Legislativa de Alagoas que sua sobrinha praticou suicídio sob influência do jogo. Em Paulista, Pernambuco, uma garota prestou depoimento após ser ameaçada no jogo.
Luis Fernando Hauy Kafrune e Kaena Novaes
Em São Paulo, na capital, o casal de namorados Luis Fernando Hauy Kafrune e Kaena Novaes Maciel, de 19 e 18 anos respetivamente, hospedou-se no Maksoud Plaza, hotel de luxo na região da Avenida Paulista, e horas depois, Luís matou Kaena com um tiro na cabeça e suicidou-se. Autoridades ligam este crime à Baleia Azul. Um rapaz de 17 anos de Bauru, cidade do interior do estado, escreveu no Facebook "A culpa é da baleia" minutos antes de se tentar atirar de um viaduto, sendo salvo por bombeiros. Na Paraíba a polícia identificou 20 jovens envolvidos com o jogo. Em Pernambuco, sete.  Anteriormente em sete estados brasileiros; atualmente são nove unidades federativas brasileiras com casos de suicídio e mutilação sob suspeita ou confirmação de ligação com o jogo.

Realidade ou mito?
A existência ou não do suposto "jogo" permanece em dúvida. O site Snopes.com, dedicado a investigar a veracidade de rumores e boatos, classificava-o, a 3 de abril de 2017, como "unproved"(significando que não há provas nem que seja verdadeira, nem que seja falso). A respeito dos primeiros rumores surgidos sobre o jogo, na Rússia, uma investigação da Radio Free Europe concluiu, em fevereiro de 2017, que nenhum caso de suícídio na Ásia Central se teria provado ligação ao "jogo".

Investigações
Em março de 2017, as autoridades da Rússia estavam investigando aproximadamente 130 casos de suicídio relacionados ao fenômeno. Em março de 2017, a Ministra de Assuntos Internos da Romênia, Carmen Dan, expressou sua profunda preocupação em relação ao fenômeno. A Prefeita de Bucareste (na Romênia), Gabriela Firea, descreveu o jogo como "extremamente perigoso".

Jogo da Baleia Rosa
No Brasil, em resposta ao jogo, uma designer e uma publicitária de São Paulo criaram um movimento chamado Baleia Rosa, que se tornou um viral e contou com a colaboração de centenas de voluntários. O movimento é baseado em tarefas positivas, que valorizam a vida e combatem a depressão. Também no Brasil, Sandro Sanfelice, de Curitiba, Paraná, criou um movimento chamado Capivara Amarela, que propõe "combater o jogo baleia azul", e orientar pessoas que buscam algum tipo de ajuda.
Os participantes do movimento são separados entre os "desafiantes", que são as pessoas que buscam ajuda, e os "curadores", que são uma espécie de "protetores" dessas pessoas. Outros jogos criados em resposta ao Baleia Azul foram o Baleia Verde e o Preguiça Azul. A autora Gloria Perez declarou no dia 21 de abril que pretende abordar o jogo Baleia Azul em sua novela das nove A Força do Querer. Em escolas de Belo Horizonte, foram feitas palestras para tratar sobre o jogo Baleia Azul. E na Delegacia Especializada na Repressão a Crimes de Alta Tecnologia (Dercat) do Piauí, estava sendo preparada uma cartilha digital para alertar os jovens sobre os perigos do jogo da "Baleia Azul".


Fontes: https://pt.wikipedia.org/wiki/Baleia_Azul_(jogo)
http://portalinteressante.com/conheca-os-50-desafios-de-baleia-azul-o-jogo-suicidio/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...