quarta-feira, 28 de junho de 2017

Jukin Media, empresa que ganha dinheiro com vídeos virais

Comecei a pouco tempo a publicar vídeos no meu canal no Youtube. São alguns vídeos virais da internet que eu gosto e não quero perder de vista. Mas o canal não é monetizado, já que são vídeos gravados por outras pessoas. O que achei estranho foi receber alguns avisos de direitos autorais em vídeos que jamais pensei em receber tais notificações. Até mesmo um vídeo, de origem desconhecida, do Cachorro dançando axé junto com um garoto recebeu um aviso deste tipo. Os reclamantes geralmente são desconhecidos como Junkin Media, Collab, ViralHog entre outros. Aí descobri que existem empresas que ganham dinheiro com vídeos virais.


Junkin Media é um exemplo. É uma companhia fundada em 2009 por Jonathan Skogmo, Aldo Carrascoso e Josh Entman com sede com Los Angeles, Califórnia. Através de um processo de varredura por um programa proprietário e triagem manual, Jukin identifica vídeos que possuem um grande potenciação de viralização e então negocia com os donos dos vídeos para estabelecer um acordo de licenciamento. Jukin paga ao dono do vídeo, seja em um pagamento único ou em compartilhamento contínuo de receita. Logo que Jukin adquire o vídeo, este é monetizado através de anúncios e licenciados para terceiros que podem distribuí-los através de uma variedade de canais, incluindo redes sociais, televisão e outros websites. Jukin teve um próprio programa de TV na Fox: World’s Funniest Fails, apresentado pelo ator Terry Crews (Todo Mundo Odeia o Chris e As Branquelas) em que ele, junto com comediantes e outras celebridades, analizam vídeos virais da internet. Teve somente uma temporada, em 2015.
É isso aí, tem gente ganhando dinheiro com aquele simples vídeo viral que você viu por aí...

Fontes: https://digiday.com/media/jukin-media-building-empire-peoples-viral-videos/
https://en.wikipedia.org/wiki/Jukin_Media

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...