quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

O que são Web Beacons?


Um  Web Beacons ou Web Bugs é uma imagem eletrônica, também chamada single-pixel (1 x 1) ou pixel transparente, que é colocada em código de uma página da web. Um Web beacon tem finalidades similares aos Cookies. Adicionalmente um Web beacon é utilizado para medir padrões de tráfego dos utilizadores de uma página a outra com objetivo de maximizar o fluxo de tráfego através da web. 


Iscas para spams

Mensagens em formato HTML geralmente incluem links para imagens ou sons externos na Internet. Essa técnica é freqüentemente usada por remetentes legítimos que querem evitar a incorporação de imagens grandes na própria mensagem.
No entanto, um remetente de lixo eletrônico ou remetente de spam pode usar o mesmo recurso como um "Web beacon" (GIF invisível) para coletar seu endereço de email. Quando você abre a mensagem e o download do conteúdo vinculado é feito automaticamente, você está, sem saber, confirmando para o remetente que seu endereço de email é válido. O remetente pode então vender seu endereço de email para outros remetentes de spam e, provavelmente, você passará a receber ainda mais mensagens de lixo eletrônico.

Finalidades

Um Web Beacon também pode ser usado para verificar se um determinado e-mail foi lido ou se uma determinada matéria foi copiada indevidamente para outro site. Os primeiros Web Beacon eram imagens de 1x1. Adicionalmente, um Web Beacon é utilizado para medir padrões de tráfego dos usuários de uma página a outra com objetivo de maximizar o fluxo de tráfego através da Web.

Embora Web Beacons seja utilizada da mesma forma nas páginas da Web ou e-mails, as finalidades são diferentes:
Se está embutido em um e-mail, a imagem é carregada pelo browser quando o usuário lê o e-mail pela primeira vez, assim podemos saber se um determinado e-mail foi lido ou não;
Sempre que é feito o download de uma página da Web (com ou sem erros), o servidor que retém a página sabe e pode armazenar o endereço IP do computador que solicita a página, linguagem do browser etc.

Exemplo de um código Web Beacon

Abaixo segue um exemplo simples, onde se pega o IP do usuário que acessa uma determinada página.
Cria-se um arquivo chamado webbug.php

// crio um arquivo aonde vou armazenar o ip do usuário
f = fopen('teste.txt','a');
fwrite(f,_SERVER['REMOTE_ADDR']."\\n");
fclose(f);
// aqui eu retorno o cabeçalho informando que esse arquivo é uma imagem, isso evita erros do browser
header('Content-type: image/gif');
?>
Agora inclui-se o Web Beacon, para isso cria-se uma tag IMG com as dimensões 1x1

Dessa forma quando o browser carregar a imagem, ele também está executando o arquivo webbug.php, desta forma está criado um Web Beacon.
Hoje os Web Bugs também utilizam IFrame, link , script e outras tags para monitorar uso. Web Beacons podem ser utilizados em combinação com cookies HTTP como qualquer outro objeto transferido usando o protocolo HTTP.





Fontes: office.microsoft - mercadolivre - imasters

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...