terça-feira, 16 de junho de 2015

Scribd, o "Netflix dos livros"

Scribd (www.scribd.com), é uma plataforma de livraria digital e compartilhamento de documentos nos formatos PDF, PPT, RTF, XLS, ODF, ODG além de arquivos do Word e Texto simples. Os documentos podem ser livros eletrônicos, trabalhos de pesquisa, páginas da web e/ou apresentações de slides. Desde outubro de 2013 ganhou uma nova função: vender assinaturas de uma biblioteca digital.


O usuário paga uma mensalidade 8,99 dólares e ganha acesso ilimitado a um catálogo de, por ora, mais de 400.000 e-books que podem ser acessados a qualquer momento, a partir do computador, do tablet e do smartphone. O serviço faz com os livros digitais o que o Netflix fez com vídeos e o Spotify com a música. Não há compra - nem da obra em papel, nem de sua versão virtual. No Brasil, há pelo menos três iniciativas similares: Nuvem de Livros, Biblioteca Digital e Minha Biblioteca. O catálogo do Scribd ainda é relativamente modesto (nos Estados Unidos, a Amazon, oferece cerca de 2 milhões de e-books para venda). O acervo se concentra em obras publicadas até 2012, ou seja, lançamentos mais recentes estão fora do alcance do assinante. Além disso, há muitas obras que já caíram em domínio público e,assim, já estão disponíveis em outros sites. O serviço, por enquanto, não possui versão em português, apesar de possui alguns livros e documentos em português brasileiro.

O que diz Trip Adler, de 29 anos, cofundador e CEO do Scribd sobre:
O modelo de assinatura do Scribd
Esse modelo de assinatura funciona para música, vídeos, jornais e revistas. Por que não funcionaria para livros? O usuário paga o valor de um e-book, mas tem acesso a um catálogo de milhares de livros. E toda vez que essas obras são lidas, o editor ganha dinheiro.

Pagamento de autores e editores
Pagamos os autores e editoras toda vez que um e-book é lido. Ao invés de pagar pelo arquivo, como acontece na venda de livros digitais, nós pagamos por leitura.

Mercado de livros brasileiro
O Brasil é um mercado grande e temos recebido muitos pedidos de autores e editoras brasileiras interessados em incluir seus livros na plataforma. Nós temos cerca de 500 livros em português em nossa biblioteca e sabemos que para conquistar mais leitores no país será preciso aumentar a oferta de obras no idioma local.

Fonte: http://veja.abril.com.br/noticia/vida-digital/scribd-o-netflix-dos-livros-e-a-segunda-onda-do-e-book/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...