domingo, 24 de fevereiro de 2019

Escola do Trabalhador - cursos gratuitos do governo


A plataforma de educação à distância Escola do Trabalhador (escolatrabalho.gov.br), do Ministério do Trabalho, foi lançada, em novembro de 2017. O projeto do Ministério do Trabalho é desenvolvido em parceria com a Universidade de Brasília (UnB).


A Escola do Trabalhador oferece 26 cursos on-line gratuitos, voltados às necessidades do mercado de trabalho do País. A inscrição deve ser feita no site do projeto. A duração dos cursos varia entre 40h e 120h e o horário das aulas é definido pelo aluno. Aqueles que obtiverem nota mínima de cinco pontos ao final do curso devem responder a uma avaliação para receber o certificado da UnB, que vale como curso de extensão.

Os cursos são variados e incluem Introdução ao Excel, Elaboração de Folha de Pagamento de Empresas, Empreendedorismo na Pesca e Inglês Aplicado ao Mundo do Trabalho, entre outros. Além da modalidade à distância, o programa está disponível nas Superintendências Regionais do Trabalho (SRTs) de todos os estados e do Distrito Federal. O modelo presencial é destinado às pessoas que não têm acesso a computadores ou internet. Por meio de uma parceria com o Ministério da Segurança Pública, o programa também está sendo levado ao sistema penitenciário do País. Até o momento, a ferramenta está disponível apenas em unidades femininas, mas se estenderá a outros presídios nos âmbitos federal e estadual. Até 2019, o Ministério do Trabalho espera oferecer 50 cursos por meio da Escola do Trabalhador, atendendo a 6 milhões de pessoas.

Fonte: http://www.brasil.gov.br/noticias/cidadania-e-inclusao/2018/11/escola-do-trabalhador-tem-quase-400-mil-matriculas-em-apenas-um-ano

Um comentário: