segunda-feira, 22 de maio de 2017

Estrelas que se movem rápido no céu

Há uns 10 anos eu gostava de observar o céu. Mas o que me intrigava era que, ao observar uma estrela, do nada, esta se movia até desaparecer. O blogueiro Fábio Tadeu, do blog Torque, descreve mais ou menos o que quero dizer:

"...alguma vez, algum de vocês já se deparou vendo uma estrela em movimento? Não estou me referindo a estrelas cadentes e nem meteoritos, estes geralmente passam rápidos e você só tem uns milésimos de segundo pra ver. Estou me referindo a estrelas aonde muitas vezes você as observa paradas e elas começam um movimento… ou mesmo quando você se depara com uma estrela se movendo lentamente e a mesma, algum tempo depois pára de brilhar e desaparece."
É isso mesmo. Você observa a estrela parada quando de repente ela se movimenta, em linha contínua, até desparecer. E isso não é incomum de perceber, basta olhar o céu à noite bem estrelado, focar em qualquer área que, dentro de alguns minutos, você perceberá esse movimento.
Não acredito em discos voadores ou algo do tipo, nunca encontrei respostas concretas mas já encontrei relatos na internet parecidos com o que o que vi, exemplo este do Fábio. Ele, inclusive, dá algumas pistas do que pode ser este mistério:

Satélites
A primeira justificativa é essa: podem ser os satélites artificiais. Quem sabe, pode ser, não conheço o comportamento deles no espaço, se eles ficam parados ou em movimento. Mas Fábio retirou um trecho de um livro que afirma que não podemos vê-los a qualquer hora:

"[Benítez]- “Senhor Gopequi, quando que satélites artificiais tornam-se visíveis a olho nu?
[Gopequi] – É muito simples. Como sabemos, esses aparelhos não possuem luz própria. Logo, só refletem a luz solar quando penetram na penumbra da Terra. Portanto, tão somente nesses momentos podem ser visíveis a olho nu, se o observador se encontra na zona mais próxima. Naturalmente, isto também depende do tamanho e da altitude da órbita desse satélite. Se o aparelho estiver a 30.000 Km da Terra, não o vemos. Já entre 100 e 500 Km já podemos vê-lo a olho nu. Mas o que quero resumir é que os satélites artificiais podem ser vistos apenas no amanhecer e no crepúsculo.
– Só nesses momentos?
– Só. É claro, se sua passagem coincidir. Assim que o satélite sai da zona de penumbra e penetra no cone de sombra da Terra, se torna impossível vê-lo, uma vez que a luz do Sol não incide sobre sua superfície. Apenas quando se aproximar da outra zona de penumbra do planeta, ou seja, no amanhecer, poderá ser visível.
– E durante o dia? É possível vê-los?
– Não. A luz do sol “absove-os”. É o mesmo que acontece com as estrelas.
– E qual a velocidade média de um satélite? E qual o tempo para ele transcorrer o arco da abóbada celeste visível?
– Isso não pode ser respondido de forma concreta e exata, pois a velocidade varia dependendo da órbita. Agora, o tempo de trancorrer a abóbada também varia. Geralmente o tempo é de 3 a 4 minutos, mas há alguns que passam pelo zênite, logo a visão destes dura entre 20 a 30 minutos.
– E pra finalizar, qual a “forma” que os satélites artificiais apresentam quando são visíveis da Terra?
– A forma de uma estrela. Mas é fácil distinguir. As estrelas piscam, os satélites não.”"

Ou seja, não podem ser os satélites artificiais.

Estrelas cadentes e meteoritos
"as tais “estrelas que se movem” não podem ser meteoritos ou estrelas cadentes, pois estes passam rapidamente pela órbita e geralmente apenas vemos riscos de luz. Cometas parecem mais lentos por estarem em uma órbita mais elevada porém, é muito fácil distinguir uma estrela de um cometa."
Pois é, não se parece nada com estrela cadente ou meteorito.

Avião? Fábio também citou esta possibilidade e também descarto. As estrelas saem de um ponto fixo e se movimentam, algo que não acontece com um avião.
Pra mim é um OVNI, não digo relacionado a discos voadores mas realmente um Objeto Voador Não Identificado.
O post em que o Fábio fala sobre essas estrelas misteriosas data de 2009 e ele diz que não há vídeos discutindo sobre o tema mas eu encontrei alguns. Veja algumas gravações dessas "estrelas que se movem":

Night Vision June 26 - Fast Moving Satellite

O dono do vídeo colocou na descrição como um "rápido movimento de um satélite". Veja que o objeto, parecido com uma estrela, se movimenta rápido, talvez por dezenas de quilômetros e de repente some.

luzes se movendo rápido no céu a noite , será ovins.

A gravação está em baixa qualidade mas é possível observar a estrela se movimentando. Curioso é ler também os relatos nos comentários do vídeo de pessoas que também ficaram intrigadas com isso.

Estrela em movimento no Céu

Nos comentários os mesmos relatos, um inclusive disse que pode ser lixo espacial. Pode ser...

Estrela se movendo lentamente, sera um ovni??

O dono do vídeo provavelmente gravou isto para mostrar pra alguém que ele não é louco, como ele mesmo diz. Neste, a estrela se movimenta bem mais rápido, parece até um avião, mas me pergunto se o avião se movimenta tão rápido assim no céu e com esse brilho todo....

Pesquisei mais a fundo e descobri as Iridium Flares.

Seriam Iridium Flares?

Veja o que diz no blog Diário do Astrônomo: "A Iridium foi uma empresa criada para o projeto da Motorola que consistiu em lançar dezenas de satélites com o intuito de aprimorar a tecnologia de comunicação móvel. Acontece que assim que o projeto foi concluído a tecnologia já estava defasada e a Motorola viu seus milhões de dólares pairarem no espaço. O que nos sobrou foram 81 satélites que podem ser vistos a olho nú com horário previsto e com uma boa fotografia de longa exposição criar belas imagens como as que vemos abaixo:

O motivo do brilho se intensificar em determinado momento é que esses satélites possuem cada um três antenas que medem 188cm x 86cm x 4 cm e são polidas e altamente reflexivas. Ficam a um ângulo de 40º em relação ao satélite e refletem a luz do sol que pode ser vista quando a posição em terra se aproxima da direção do reflexo. Segue fotos de satélites da Iridium:"

 


Alguns gravações de Iridium Flares:


Observação: a Iridium surge do nada, a distância percorrida é menor e some logo depois.


O brilho foi bem intenso, nunca vi algo parecido.


Esse cara conseguiu gravar duas Iridium Flare.

Se você quer ser um caçador das Iridium Flares, visite o site Zenite: www.zenite.nu/cacadores-de-satelites/.

CONCLUSÃO
Sim, podem até ser as "Iridium Flares" mas se for prestar atenção, os vídeos das IR são diferentes dos outros vídeos que postei logo mais acima. As Iridium Flares se movimentam em uma curta distância, com um brilho intenso no meio e somem. Já as que eu vi, a distância percorrida é maior, não há intensidade de brilho (talvez prejudicada pelo céu poluído) e somem tempo depois (Só comparar com os vídeos acima Night Vision June 26 - Fast Moving Satellite e Estrela se movendo lentamente, sera um ovni??). Por ora, a hipótese mais provável e aceita é que são satélites artificiais mas não as IR.

Fontes: https://torqueteam.wordpress.com/2009/01/26/estrelas-que-se-movem/
http://www.zenite.nu/cacadores-de-satelites/
http://diariodoastronomo.blogspot.com.br/2013/05/luzes-estranhas-no-ceu-saiba-o-que-e.html

Um comentário:

  1. Eu sempre as vejo,sendo q agora é com mas frequência e agora não é uma ou duas na mesma noite e isso tem me intrigado😐

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...