segunda-feira, 28 de março de 2016

Teorias da Conspiração: Ashtar Sheran, o protetor da terra

 Ashtar Sheran é um suposto ser extraterrestre que, segundo os que nele crêem, comanda uma vasta armada de naves espaciais. As supostas canalizações (psicografias) e/ou contatos físicos com Ashtar Sheran datam desde inícios da década de 50. Saiba mais sobre essa teoria da conspiração:

Como ele é?
Ele seria um alienígena louro, de 1,90 m de altura, que se veste como o Capitão Kirk, e preside uma espécie de ONU intergalática, da qual Jesus Cristo, MMA (chamado de Lord Sananda) é o representante da Terra.

Qual sua missão?
Sua missão é de paz e de evolução, iluminando os seres não apenas da Terra, mas também de outros mundos — cujos habitantes, assim como nós, são ignorantes e pouco evoluídos. E como se tudo isso fosse pouco, Ashtar ainda responde apenas a uma pessoa: Sananda, mais conhecido entre nós como Jesus, o Cristo.

Mensagens por transcomunicação
As mensagens vindas de Ashtar eram feitas por meios telepáticos, mas esta em especial veio por um outro método, conhecido por transcomunicação. Muito conhecido no meio espírita, a transcomunicação parte do princípio de que seres em outras dimensões podem se comunicar conosco usando equipamentos eletrônicos, tais como aparelhos de TV, rádios, computadores e gravadores K7.

Contatos
1952
 Em 1952 Ashtar Sheran teria, então, contatado o norte-americano George Van Tassel e alertado sobre os perigos das "explosões nucleares". George Van Tassel publicou um livro em 1952 intitulado: "I Rode A Flying Saucer".

1956
Ainda nessa mesma década, em 1956, Ashtar contatou um círculo de médiuns alemães; dessa vez foi um círculo de médiuns liderado por Herbert Victor Speer e seus filhos Uwe Speer e Monika-Manuela Speer, o "MFK-Berlin", ou "Círculo de Médiuns da Paz de Berlim". Foi por meio desses médiuns que Ashtar Sheran passou a dizer que era de um planeta chamado Methária, do sistema estelar Alfa-Centauro e que sua raça ou grupo se intitulava os "SANTINER". Esse círculo de médiuns alemães continuaram tendo contatos "telepáticos" (canalizações, psicografias) com Ashtar até, ao que parece, 1975. Diversas obras saíram dessa interação. No Brasil, em 1965, foi lançado o livro intitulado "A Grande Missão Celeste De Ashtar Sheran À Humanidade Da Terra". Esse livro continha três obras do Círculo de Médiuns da Paz de Berlim:

"Antes Da Aterrissagem" [Original: Vor der Landung] - 1958
"Veritas Vincit" - 1959
"De Estrela Em Estrela" [Original: Von Stern zu Stern] - 1960.

1957
Mais tarde, Ashtar entrou em contato (channeling) com a médium americana Ethel P. Hill, ainda na década de 50, e disse comandar um exército de homens do espaço. Dessas canalizações nasceu o livro "In Days To Come" em 1957. Ele dizia estar em contato com Jesus Cristo, que iria voltar, em breve, em um disco voador.

1972
Vale a pena destacar outro contactado importante, e dessa vez, em solo brasileiro – o baiano Paulo Antonio Landulfo Fernandes. Paulo Fernandes em 1969, na idade de 21 anos, teve um suposto encontro "físico" com Ashtar Sheran. Desse encontro, a pedido do próprio Ashtar, Paulo Fernandes fundou em 1973 uma instituição chamada "CEEAS" – Centro de Estudos Exobiológicos Ashtar Sheran. Esse "Centro de Estudos", conta-se, possuía bases filosóficas, científicas e espiritualistas. Em 1972 foi lançado o livro de Paulo Fernandes "O Jovem que se Encontrava com Extraterrestres".


Possível aparição na Bíblia Sagrada
Os tais 'Anjos' que surgiam aos homens nos tempos bíblicos como se relatam em várias passagens do Velho e do Novo Testamentos. O Livro de Enohc (mais antigo do que a Bíblia), faz referência também a uma raça de Seres que desceram dos céus em suas naves que muitas vezes eram designadas por "nuvens resplandecentes" ou "carros de fogo", etc., tendo intervido em vários momentos críticos na história dos povos e da Humanidade. As mensagens de Asthar Sheran falam de seus antepassados, os 'Santini', que ajudaram Moisés e os hebreus na travessia do deserto quando foram libertados da escravidão do Egipto e foram acompanhados pelo caminho por "colunas de nuvens" que lhes fazia sombra durante o dia e os protegia também dos soldados do Faraó que os perseguia à distância com ordens para os matar. As Naves dos 'Santini' davam assim apoio logísitico a Moisés e seu povo, inclusive lhes abriu passagem no Mar Vermelho quando não podiam passar e estavam à mercê do exército egípcio que acabou por perecer no mar.

Quase uma religião
Muita gente leva Ashtar a sério. Há mensagens e muitas informações sobre ele na internet. O blog brasileiro "Cura e Ascensão - Formação da Egrégora e Iniciação para a 5ª dimensão" possui uma página dedicada sobre Ashtar, com códigos de conduta, mensagens, princípios e comandos.

As críticas
Segundo alguns ufólogos, como Rafael Cury, Ashtar Sheran é uma bobagem. Membros do grupo "Ensinamentos dos Mestres Ascensos da Grande Fraternidade Branca" diz que Ashtar é um "falso arcanjo Miguel" e que "não passa de um impostor". Nas minhas considerações, ele não passa de uma paródia blasfêmica de Jesus Cristo. Há quem diga que ele seja até um reptiliano!

Fontes: https://pt.wikipedia.org/wiki/Ashtar_Sheran
http://www.novaera-alvorecer.net/asthar_sheran.htm
http://www.grandefraternidadebranca.com.br/ashtar.htm
http://evoluindo-sempre.blogspot.com.br/2010/01/ashtar-sheran-na-verdade-e-um.html

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...