sábado, 26 de setembro de 2015

A profecia das Quatro Luas de Sangue

 Desde 2013, rola pela internetteorias da conspiração sobre a profecia das Quatro Luas de Sangue, que já está acontecendo desde o ano passado e está pra se concretizar agora no domingo, dia 27 de setembro de 2015. As quatro luas de sangue seriam um cumprimento de alguma revelação bíblica, um sinal do fim dos tempos e a volta de Jesus Cristo. É um evento já conhecido e previsto pela astronomia. Para os proféticos, trata-se claramente da abertura de um dos selos descritos no Apocalipse 6. Mas há também quem diga que tudo não passa de uma falsa profecia.

Apocalipse 6: 12-13
12 E, havendo aberto o sexto selo, olhei, e eis que houve um grande tremor de terra; e o sol tornou-se negro como saco de cilício, e a lua tornou-se como sangue;
13 E as estrelas do céu caíram sobre a terra, como quando a figueira lança de si os seus figos verdes, abalada por um vento forte.

A criação do Sol e da Lua
"Quando Deus criou o Sol e a Lua, não foi somente porque precisamos de luz e calor. Mas se lermos Gênesis 1:14, vemos que há outros motivos para Ele tenha os criado. Em Gênesis 1:14 diz: 
"Disse também Deus: Haja luzeiros no firmamento dos céus, para fazerem separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais, para estações, para dias e anos.”
O termo hebraico para SINAIS é owth, que significa “ser usado como sinal, agitar uma bandeira“.
Então Deus criou o sol e a lua para enviar sinais. É como se estivesse dizendo, “Olá”, “Olá”, “Eclipse”, “Eclipse"... Foi por isso que Deus criou o Sol e a Lua, para agendamentos divinos!"

O alerta do pastor Mark Biltz, em 2008
 O primeiro “alerta para a igreja” veio em 2008, quando o assunto foi levantado pelo pastor Mark Biltz, que é descendente de judeus. Ele afirmava ter feito uma descoberta surpreendente. Biltz estava estudando as profecias sobre o Sol e a Lua desde Gênesis, onde a Bíblia afirma que os luzeiros no céu serviriam “para sinais e para as estações do ano”.  Biltz diz ainda que a palavra traduzida como “estações” tem o sentido de “tempo determinado”, implicando na comemoração das festas estabelecidas por Deus no Antigo Testamento e que seguem o calendário lunar adotado pelos judeus.
Ele lembra de textos como Joel 2:31:
“O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes de chegar o grande e terrível dia do SENHOR”
 repetido em Atos 2:20.  Também aponta para Mateus 24:29-30, quando Jesus diz
“o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz. … E então aparecerá no céu o sinal do Filho do homem”
 e Lucas 21:11:
“haverá também coisas espantosas, e grandes sinais do céu”.
Ao fazer uma análise sobre o fenômeno conhecido como “lua de sangue”, que ocorre quando o Sol fica em frente à Lua no firmamento, Biltz notou que esse tipo de eclipse lunar ocorreria justamente durante as festas bíblicas em 2014 e 2015. O pastor acredita que ao se tratar de sinais na terra, como fomes, pestes e guerras, a humanidade já está acostumada a ouvir falar, mas não ocorrer o mesmo quando são sinais no céu.

As 4 luas de sangue: algo está prestes a mudar, do pastor John Hagee
 Convencido da importância desse fator, o pastor John Hagee fez um estudo aprofundado sobre esses eventos. Em 2013, lançou um livro e um DVD com o título “Four Blood Moons: something is about to change” [As 4 luas de sangue: algo está prestes a mudar]. Ele explica que usou as projeções da NASA, relatos históricos e a Bíblia. Para Hagee existe uma conexão direta entre os quatro próximos eclipses lunares (lua de sangue) e “o que eles anunciam para Israel e para toda a humanidade.”
Seu argumento principal é que ao longo dos últimos 500 anos, três luas de sangue ocorreram no primeiro dia da Páscoa. Estas aparições estão ligadas a alguns dos dias mais importantes da história judaica:
1492 – o último ano da Inquisição espanhola, quando os judeus foram expulsos da Espanha 1948 – proclamação do Estado de Israel e a Guerra da Independência
1967 – início da guerra dos Seis Dias, quando Israel lutou contra nações árabes e reconquistou Jerusalém como parte de seu território
Para ele é de extrema importância que os cristãos entendam estes sinais proféticos que apontam para a Segunda Vinda de Jesus. Assista:

Vídeo legendado: Especialistas em profecias apontam para "sinais inegáveis" no céu: luas de sangue


Os 8 Supersinais nos céus antes do 70º Aniversário de Israel, do pastor Steve Cioccolanti, 2013
 Mais recentemente, o pastor Steve Cioccolanti, da Igreja Discover, na Austrália, produziu um longo vídeo em formato de DVD sobre os “Os 8 Supersinais nos céus antes do 70º Aniversário de Israel". Segundo ele, tudo o que Deus prometeu na Bíblia está relacionado com Israel e o povo judeu. Falando sobre as raízes hebraicas das profecias sobre o fim tempo, ele aponta oito sinais que serão vistos no céu antes do aniversário dos 70 anos da restauração de Israel.
Ele faz longas observações tentando explicar os oito sinais, juntamente com algumas observações sobre as datas que eles acontecerão. Para o judaísmo, a Lua é um sinal para Israel, enquanto o Sol é um sinal para os gentios [resto do mundo].
1 – Cometa Ison (28 de novembro de 2013) – A NASA já divulgou que este ano veremos um cometa com cauda brilhante como a lua cheia.
2 – Lua de Sangue (15 de abril de 2014) – terá início a “Tétrade”, período em que quatro eclipses lunares consecutivos são todos eclipses totais. Prenuncio de uma guerra mundial sangrenta
3- Lua de Sangue (08 de outubro de 2014) – Festa dos Tabernáculos (Sukkot) no calendário de Israel
4- Eclipse Solar Total (20 de março de 2015) – Um sinal para os gentios. Aniversário da provável data em que Moisés tirou os judeus do Egito
5- Lua de Sangue (4 de Abril de 2015) – Festa dos Tabernáculos (Sukkot) no calendário de Israel
6 – Eclipse solar parcial (13 de setembro de 2015) – Festa das trombetas no calendário de Israel e 7 º aniversário desde a última grande queda do mercado
7 – Lua de Sangue (27 de setembro de 2015) – Superlua, que também é um eclipse lunar. A lua nunca esteve tão próxima da Terra. Esse evento ocorrerá durante a Festa dos Tabernáculos (Sukkot).
8- Virgem vestida de Sol (23 setembro de 2017) – 50º aniversário da reconquista de Jerusalém (Jubileu). Brilho extraordinários da constelação de Virgem, cumprimento da Profecia de Apocalipse 12.
Data profética principal: Dia dos 70 anos da Independência de Israel (14 de maio de 2018), marcando o renascimento da nação. Assista:

Vídeo legendado: 8 SUPER SINAIS NOS CÉUS - Steve Cioccolanti


Colisão com asteroide
Pastor Efraim Rodriguez
Teóricos bíblicos associaram a atual tétrade de Luas de Sangue ao apocalipse do asteroide, devido a uma coincidência com o período de festividades judaicas. Em 2014, o pastor Efraim Rodriguez recebeu visões de um asteroide atingindo a costa oeste perto de porto Rico. Esse asteroide ira gerar grandes terremotos e tsunamis. Muitos morriam nesta visão. Ele diz ter recebido de “Deus” um alerta sobre a “queda de um grande asteróide na região do Caribe”, especificamente em Porto Rico, e que provocará uma catástrofe na Terra. Existe a possibilidade da queda de um grande asteróide, mas até o momento não houve nenhum alerta oficial das agências espaciais. A própria Nasa se manifestou em resposta à esta “profecia” que se tornou viral na internet. Em sua nota, apesar de reconhecer que existe a possibilidade da colisão de um asteróide em nosso planeta, não há nenhum objeto em rota de colisão. Rodriguez afirma que a catástrofe ocorrerá entre os dias 22 e 28 de setembro de 2015.

Vídeo legendado: Asteroide ira Atingir o Porto Rico e o Leste dos Estados Unidos Causando Tsunami- Efraim Rodrigues


Em um plano mais “mundano” e político, numa declaração feita em maio do ano passado ao lado do secretário de estado americano John Kerry, o então ministro de relações exteriores da França, Laurent Fabius, disse que o mundo “tem apenas 500 dias para evitar o ‘caos climático’”. Não ficou muito claro o que ele quis dizer com isso, mas como o tal período caía bem no dia 25 de setembro, não demorou até que associassem as duas coisas. Veja o que Fabius disse:



Quatro Luas de Sangue - A falsa profecia
Há quem diga que as luas de sangue não tem relação com profecias bíblicas. O pesquisador cristão Luiz Carlos Fernandes, do ministério Spiritual Group, concedeu uma entrevista ao site Gospel Prime para explicar se há relação entre o fenômeno meteorológico chamado “Lua de Sangue” com as profecias bíblicas. Muitas pessoas acreditam que este fenômeno é o cumprimento do livro de Joel 2:31 que precede os dias de tribulação antes da Volta de Cristo, mas para Fernandes o eclipse lunar não tem nenhuma relação com as profecias. O pesquisador lembra que essa mudança na cor da Lua aconteceu por diversas vezes ao longo da história e que os textos bíblicos se referem a coisas maiores. Fernandes chega a citar que há alguns pastores, no Brasil e no mundo, que usam esses eclipses para anunciar o fim do mundo sem ter nenhuma base bíblica. Ele cita o nome do pastor americano John Hagee que durante muitos anos anunciou que o arrebatamento aconteceria antes das luas de sangue e que agora lançou um novo livro dizendo que a tétrade (quatro luas de sangue) representará o início da grande tribulação.  Isso para que Hagee continue a vender os livros dele. Fernandes ainda diz:
Se alguém pregar a volta de Cristo antes da grande tribulação ou antes do aparecimento do anticristo, sem a menor sombra de dúvidas ele é um falso profeta.
Assista abaixo o vídeo do youtuber Marcos Vinícius sobre a falsa profecia das luas de sangue:



Fontes: http://noticias.gospelprime.com.br/profecias-sinais-luas-de-sangue/
https://www.ofimdostempos.com/entendendo-o-eclipse-lunar-as-4-luas-de-sangue-profecias-e-sinais-do-fim-dos-tempos-e-volta-de-jesus/
http://noticias.gospelprime.com.br/luas-de-sangue-nao-profecias-biblia/
https://caminhoalternativo.wordpress.com/2015/06/19/colisao-de-asteroide-em-setembro-de-2015/
http://revistagalileu.globo.com/Ciencia/Espaco/noticia/2015/06/tudo-o-que-voce-precisa-saber-sobre-o-suposto-asteroide-enviado-por-deus-para-destruir-humanidade-em-setembro.html

5 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...