segunda-feira, 22 de junho de 2009

Como largar o vício do E-mail

Você checa seus e-mais no fim de semana? Nas férias? De madrugada? Quando chega um e-mail na sua caixa posta, você interrompe qualquer tarefa diante da vontade irresistível de ler? Fica olhando ansioso para a caixa posta vazia, esperando o plim que anuncia a chegada de uma mensagem? Podem ser sintomas de vicío do email. Segundo David Greenfiel, do Centro de Estudos de Internet de West Hartford, Estados Unidos, 6% dos internautas são "usuários compulsivos de e-mail". "Parece besteira, mas as pessoas relatam sintomas de abstinência quando ficam sem e-mail", diz ele. Seguindo os moldes de instituições como os Alcóolatras Anônimos, a revista Time preparou um programa de 12 passos para livrar-nos do vício.

Passo 1- Admita que você tem um problema
Um executivo médio gasta três horas por semana garimpando e-mail ao junk mail. Se você dedica mais tempo a essa tarefa ingrata, preocupe-se.

Passo 2- Reconheça os sintomas
Olhos secos, dor nas costas, pulsos paralisados, dedos adormecidos, são sintomas de que você passa o tempo demais entre o mouse e o teclado.

Passo 3-Assuma a responsabilidade
Se você manda menos e-mails, não receberá tantos.

Passo 4- Institua a "regra de três"
Se um email foi e voltou três vezes, é hora de usar o telefone.

Passo 5- Não envie a mensagem para todo mundo.
Pense bem em quantas pessoas você colocará na lista de destinatários. Se forem muitos, todos podem responder.

Passo 6- Desligue o sino
Um bip tocando ou um ícone piscando no canto da sua tela são garantia de distração quando chegam e-mails. Desligue tudo.

Passo 7- Vá devagar
Responder mensagens no minuto em que elas chegam cria uma expectativa de que você sempre será rápido assim. Faça as pessoas aprenderem a telefonar quando for urgente.

Passo 8- Preocupe-se com a mensagem só uma vez
Se não é importante, delete imediatamente. Se é, reserve um tempo no fim do dia para ela. Nada de adiar problemas e ficar indo e voltando para as mesmas mensagens.

Passo 9- Deixe o software trabalhar por você
Use filtros. Faça as mensagens indesejadas indo direto para o lixo, dirija listas de e-mail para pastas próprias.

Passo 10- Peça ajuda de humanos
Não não estamos falando de analistas. Se você é chefe, deixe que seu assistente acesseu seu e-mai e faça o trabalho sujo. Se é um mero mortal, peça aos amigos para telefonar de tempos em tempos para interromper seus desvaneios internéticos.

Passo 11- Não cheque o e-mail em casa
Em casos de extrema urgência, vá a um internet café. Pelo menos assim haverá alguma interação humana.

Passo 12- Dê folga
Fique sem e-mail um dia por semana. Evite ao máximo clicar no envelopinho durante as férias.

Fonte:
Adaptado da Revista Superinteressante, ed. 181, outubro de 2002-página28

3 comentários:

  1. Faltou o passo número 13:
    GET A LIFE!

    As pessoas andam muito carentes hoje em dia, a falta de contato humano faz elas ficarem viciadas até em e-mail. PQP onde esse mundo vai parar.

    ResponderExcluir
  2. ahaha.. nao tenho esse problema, graças a Deus..
    meu vicio eh outro

    BLOG

    eauhahuae

    flw

    ResponderExcluir
  3. Estou com o Armyman e com o Theloreanaveia: PQP, onde vamos parar?! E meu vício são os meus blogs (hehehe).
    Muito interessante o post. Fora a brincadeira, a gente precisa se policiar nessas coisas mesmo, porque elas realmente viciam.
    ABÇão
    MarGGa, do Mol-TaGGe

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...